Presidente da AMAM participa de debate sobre reforma da previdência

O presidente da Associação Mato-grossense de Magistrados, juiz Tiago Abreu, participou nesta quarta-feira (3) do debate sobre a Reforma da Previdência que ocorreu na Câmara dos Deputados com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, juntamente com representantes da Associação Brasileira de Magistrados (AMB).

As duas entidades iniciaram uma série de visitas a deputados e senadores para tratar da reforma da Previdência. O presidente da AMAM destaca que são contrários a vários pontos da proposta apresentada pelo governo Federal por entender que ferem a Constituição Federal as garantias e os direitos adquiridos.

“AMAM, AMB e demais entidades que representam a magistratura são contra vários pontos da reforma, por isso, foi contratado um consultor jurídico para tratar do assunto e vamos fazer várias propostas de emendas para que seja retirado alguns pontos da reforma, que na opinião de toda classe, fere a constituição, as garantias e os direitos adquiridos”, explicou.

Dentre os pontos questionados pela magistratura estão a irredutibilidade de vencimentos e a possibilidade de confisco com a situação da elevação da carga de contribuição com a previdência.

Para o presidente da AMAM, “a luta está só começando” e não deve ser ignorada pela classe de magistrados que busca garantir junto aos parlamentares ajustes na reforma para evitar perda de direitos aos cidadãos.

 

Foto: Cleia Viana